botox.png

TOXINA BOTULÍNICA

As contrações musculares repetidas são uma das causas das rugas no rosto. As toxinas botulínicas, como o Botox, bloqueiam temporariamente os sinais nervosos para os músculos. Como resultado, os músculos injetados não podem se contrair (ficar tensos). Eles ficam fracos ou paralisados. O músculo injetado depende da(s) área(s) de preocupação que você tem. Várias áreas podem ser tratadas em uma sessão atingindo uma harmonização facial já no primeiro atendimento.

Ela também pode ser usado com eficácia no tratamento de bruxismo, sorriso gengival, assimetria labial e ATM.

Bruxismo
A proteína botulínica enfraquece os músculos mastigatórios apenas o suficiente para impedir o aperto e ranger de dentes involuntários noturnos. Os pacientes que se submetem a esse tratamento podem obter um alívio significativo da dor. Outro benefício é que não precisam usar aparelho de bruxismo à noite.

Sorriso
gengival A proteína botulínica é uma alternativa não cirúrgica para corrigir o sorriso gengival. Atua paralisando o músculo hiperativo do lábio superior, reduzindo sua elevação durante o sorriso e tornando a gengiva menos visível. O resultado é uma grande melhora na estética do paciente.

Assimetria labial
Também pode ocorrer hipertrofia dos músculos masseteres, causando lábios assimétricos e alterando o aspecto facial. Uma vez que a proteína é injetada no músculo responsável pela elevação, ela o relaxa para que não suba tanto, minimizando assim a assimetria.

ATM
Quando aplicada nos músculos masseteres da mandíbula, a proteína botulínica reduz a intensidade das contrações musculares. Este tratamento alternativo pode reduzir significativamente a dor muscular e orofacial associada à disfunção da articulação temporomandibular (ATM).

A proteína botulínica apresenta benefícios consideráveis. O procedimento é minimamente invasivo, simples, seguro, praticamente indolor e rápido, liberando o paciente para retornar às suas atividades normais no mesmo dia.

Os resultados demoram cerca de sete a quatorze dias após o tratamento para aparecer. Eles podem durar em média de seis meses, dependendo da quantidade injetada, do metabolismo do paciente e das opções de estilo de vida.